4 coisas que você pode fazer com o Wi-Fi do seu estabelecimento e você não sabia

Talvez hoje você já disponibilize Wi-Fi gratuito no seu estabelecimento por conveniência para o cliente, ou até pretende oferecer, mas não sabe bem se vale a pena.

Agora o que talvez você não saiba é que existem alguns sistemas, inclusive gratuitos, que podem dar um upgrade e adicionar ótimas funcionalidades ao Wi-Fi do seu estabelecimento.

Esses benefícios inclusive podem aumentar o seu faturamento se unidos a outras estratégias de marketing. Por isso, elencamos neste post, 4 coisas que você pode fazer com o seu Wi-Fi e que muito provavelmente você não sabe:

  1. Obter cadastro dos clientes
  2. Facilitar o acesso ao Wi-Fi 
  3. Impactar o cliente dentro do seu estabelecimento
  4. Estar de acordo com a LGPD e Marco Civíl

Obter cadastro dos clientes

O que o Wi-Fi tem a ver com cadastro de clientes? Bom, no primeiro acesso ao Wi-Fi do seu estabelecimento, o seu cliente irá fazer um breve cadastro. Eu sei, eu sei, você também não deve gostar de fazer cadastros para acessar o Wi-Fi de um estabelecimento, certo?

A gente também não! Por isso a experiência de realizar esse cadastro deve contar, e muito, para que seu cliente não fique incomodado. Algumas plataformas no mercado prezam bastante por esse primeiro acesso.

De qualquer forma, obter o cadastro dos seus clientes é uma tarefa muito difícil, principalmente no varejo e no ramo de restaurantes e bares. 

Mas ao mesmo tempo, obter esses dados é muito importante para que possamos contatar novamente esse cliente, incentivando-o que ele volte ao seu estabelecimento.

Com os dados do cliente como e-mail e telefone, é possível fazer inúmeras ações, como disparo de e-mail marketing, envio de promoções, campanhas online personalizadas (facebook ads), listas de transmissão, entre outras.

Já os dados como sexo e data de nascimento, te ajudam a entender qual é seu público. Assim você consegue fazer outras ações e comunicações de forma mais assertiva!

Facilitar o acesso ao Wi-Fi

Hoje em dia, encontramos péssimas experiências de acesso ao Wi-Fi: fazer check-in no Facebook, solicitar a senha para o atendente/garçom ou procurar a senha em todo o estabelecimento. Todas são experiências terríveis e que não trazem benefícios reais para o seu negócio, vamos concordar.

Além disso, por conta do Marco Civil e da LGPD, não é possível mais deixar o Wi-Fi sem senha, sem que você capte os dados de quem está acessando para que você fique resguardado judicialmente (comentamos isso no ponto 4!).

Por isso, com algumas ferramentas de Wi-Fi, você consegue captar esses dados do cliente de forma rápida e sem muito atrito, podendo deixar o Wi-Fi sem senha que é a melhor das experiências de acesso.

Como comentamos, algumas plataformas que fazem isso são inclusive gratuitas para o estabelecimento!

Uma coisa bacana que algumas dessas plataformas fazem, é manter o registro do cliente em uma base universal, assim se o seu cliente já fez o cadastro em algum outro local, ele irá ser reconhecido quando tentar acessar o Wi-Fi no seu estabelecimento, não sendo necessário realizar o cadastro, melhorando muito essa experiência de acesso!

Impactar o cliente dentro do seu estabelecimento

Quando a gente pensa em marketing, sempre pensamos em conseguir impactar os clientes de alguma forma para trazer ele pro seu estabelecimento, seja através de mídias digitais, outdoor, panfleto, entre outros.

Mas depois que ele está dentro do seu estabelecimento, que ações você faz para aumentar o ticket médio do cliente e vender mais? Como você comunica uma oferta, promoção ou algo do tipo?

Pois bem, uma possibilidade para isso é o seu Wi-Fi!

Por o Wi-Fi ser uma mídia digital, você pode, por exemplo, criar uma campanha para cada dia da semana, entregando um benefício exclusivo por dia.

Se você é dono de um bar, por exemplo, pode oferecer chopp em dobro durante as quintas-feiras até determinado horário. Nas sextas você pode oferecer uma batata frita se a pessoa comprar tal combo, e assim por diante.

A questão aqui é que você inclui a campanha apenas uma vez na plataforma e deixa que o sistema troque de “encarte” todo o dia, conforme você configurou. Você não precisa ficar dando atenção à plataforma ou fazendo ajustes. 

A ideia é que você não perca tempo, mas aumente suas vendas e cative o seu cliente.

O interessante é você atrelar esse benefício apenas a quem acessar o Wi-Fi, porque assim você incentiva que o cliente acesse o Wi-Fi, dessa forma você capta os dados dele e pode fazer inúmeras outras ações com isso. 

Além do mais, se esse mesmo cliente voltar na semana seguinte e pedir a mesma oferta, você vai conseguir visualizar através do sistema de Wi-Fi que aquele cliente é um cliente fiel! 

Estar de acordo com a LGPD e Marco Civil 

Não vamos te mostrar aqui toda a Lei e nem os termos jurídicos. Mas na prática esses novos decretos influenciam como você oferece o Wi-Fi no seu estabelecimento.

E no dia a dia, o que isso muda para você? 

Bom, de acordo com o Marco Civil, se alguém acessar a sua rede Wi-Fi e fizer algum ataque cibernético a alguma instituição ou a outra pessoa, você precisa ter alguns registros do aparelho e do acesso para auxiliar a polícia nessa busca. Caso você não possua nenhum registro, você pode ter problemas.

Além disso, de acordo com a LGPD, as empresas precisam ter o consentimento dos usuários para armazenar e tratar os seus dados pessoais. Sabe aqueles cadastros captados através de um sorteio ou então na frente do caixa? Então, a captação desses dados muito provavelmente não está de acordo com esta nova lei.  

Ou seja, você pode até preferir deixar seu Wi-Fi sem senha e sem a captação de cadastros, mas esteja ciente dos riscos que corre e da oportunidade que pode estar perdendo.

Hoje em dia há sistemas de Wi-Fi gratuitos para captar os dados dos usuários, e com todos os benefícios que mostramos até agora, não há motivo para se manter desprotegido, não é mesmo?

E aí, curtiu o que você consegue fazer com o Wi-Fi da sua empresa? Esperamos conseguir abrir seu olhar para que essa ferramenta te ajude no dia a dia do seu negócio!

Quer começar a usar o WiFeed agora? Clique aqui!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *