Capex vs. Opex: Prós e contras dos modelos de aquisição de produto para o provedor

Descubra a diferença entre Capex e Opex e implemente o melhor modelo na sua organização.

Capex vs Opex: você sabe quais são os prós e contras de cada modelo de aquisição de produto? Em uma análise inicial, essa questão pode parecer um termo técnico, no entanto, o conhecimento desse tema é fundamental para fazer aquisições com segurança e também otimizar a gestão financeira do seu negócio, principalmente para ISPs e operadoras.

Pensando na importância desse tema, neste conteúdo explicaremos detalhadamente o que é o Capex e Opex, apresentaremos as principais diferenças entre os dois modelos e os pontos positivos e negativos de cada metodologia. Continue com a gente.

O que é o Capex e o Opex?

Capex é uma sigla originária da língua inglesa e significa Capital Expenditure ou Despesas de Capitais, traduzindo para o nosso idioma. Desse modo, essa metodologia abrange os gastos relacionados à compra de equipamentos que visam otimizar um produto ou serviço oferecido por uma empresa.

Esse conceito é fundamental para o cálculo do retorno sobre o investimento em um determinado projeto. Isso porque, para saber se ele foi atrativo é necessário saber quais foram os gastos incorridos para sua execução.

O Opex também vem do inglês e significa Operational Expenditure ou Despesas Operacionais traduzindo para a língua portuguesa. Essa metodologia refere-se, portanto, às despesas de serviços. Entre elas estão despesas cotidianas, como: custos com combustível, despesas com funcionários, manutenção de equipamentos, custos relacionados aos serviços terceirizados e também a possibilidade de adquirir produtos sem efetivamente comprá-los, como em uma locação.

Quais as principais diferenças entre os dois modelos?

Não há muitos segredos em relação a esse tema. Como destacamos anteriormente, o Capex é um modelo tradicional, enquanto o Opex é um modelo mais enxuto e eficiente e exige menos capital intensivo e desembolsos de caixa. Ambos os conceitos são fundamentais para que você possa verificar a saúde e a sustentabilidade financeira do seu empreendimento, e é claro, um vai fazer mais sentido que o  outro sempre dependendo da estratégia de cada empresa

Qual a importância de entender ambos os conceitos?

O entendimento profundo sobre o que é o Capex e o Opex será capaz de te auxiliar a fazer um melhor planejamento nos investimentos da sua companhia. Isso inclui futuras aquisições de equipamentos, manutenções ou mesmo troca de ativos.

Em relação às despesas de capitais, na maioria das vezes, elas fazem referência a investimentos de longo prazo. O Opex, por sua vez, são gastos que acontecem de maneira regular e geralmente recorrentes.

Desse modo, os gastos incorridos relacionados a ambas as categorias devem ser incluídos no orçamento empresarial para que seja possível um melhor planejamento financeiro. Com isso, torna-se possível adequá-los à realidade financeira da sua empresa

.

Quais os principais aspectos positivos e negativos de cada metodologia?

O Opex costuma ser vantajoso para alugar equipamentos. Isso acontece porque quando uma empresa opta por fazer a compra de uma matéria-prima, ela se encaixa em despesas de capital. Nesse contexto, a dedução de impostos só aconteceria no ano da compra e seria apenas um pequeno percentual de todo custo. Por esse motivo, o aluguel de equipamentos costuma incidir menos tributos.

A quantia paga pelo aluguel do empréstimo do equipamento é um gasto operacional. Por esse motivo, a organização poderá fazer a dedução do montante gasto naquele ano com essas despesas, o que resulta na redução do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ).

Porém, os tributos não são o único aspecto a ser levado em consideração. Caso a sua organização tenha o objetivo de aumentar o valor contábil, seria uma ótima ideia realizar as despesas de capital e deduzir apenas uma pequena fração como gasto. Essa estratégia resultará em ativos com maior valor de mercado no balanço patrimonial e em mais lucros líquidos ao seu negócio. Por exemplo, sua empresa acaba tendo um fluxo de caixa menor, visto que ao comprar 500 itens no valor de R$1.000,00, você gasta R$500.000,00 em uma única vez, e ao comprar 500 itens mensalizados, você pode gastar R$50.000,00 por mês.

Capex vs Opex: qual devo escolher?

Trata-se de uma das principais dúvidas por parte de muitos gestores, isso porque, é necessário levar diversas questões em consideração para que seja possível fazer uma boa escolha.

Primeiramente, para escolher o Capex ou mesmo o Opex com mais assertividade é muito importante entender o papel de cada tipo de gasto da sua empresa, ter um conhecimento profundo em relação ao assunto e também adequar as despesas à realidade financeira da sua empresa

Muitas companhias podem encontrar restrições ao fazer despesas de Capital. Essa realidade ainda mais comum quando se necessita de crédito ou empréstimo para fazer um investimento visando a expansão do seu negócio. Em períodos de crise ou recessão econômica, o investimento de capital costuma ser mais restrito.

Em momentos de crise os investimentos em expansão costumam apresentar mais riscos, pois o mercado está em retração e as pessoas tendem a consumir menos, cheirando menores lucros aos investimentos feitos pelas empresas. Ao saber do maior risco do investimento, as instituições financeiras tendem a ficar mais cautelosas ao fornecer crédito.

No entanto, as despesas de capital são vantajosas, pois a sua organização vai direcionar os recursos financeiros para atividades que realmente vão gerar receita. Nesse contexto, o aluguel tende a ser mais vantajoso, pois você evitará imobilizar o capital.

Como podemos perceber, o Capex e Opex são dois termos importantes na financeira das empresas. Desse modo, o conhecimento de ambos os conceitos é fundamental para que o seu negócio faça questões de produtos com assertividade e também possa otimizar a gestão financeira do empreendimento.

E aí, a sua empresa prefere Capex ou Opex? Conte para nós nos comentários!

Este conteúdo na qual apresentamos os principais prós e contras do Capex e do Opex foi útil para você? Compartilhe o post para os seus amigos nas redes sociais e permita que mais pessoas tenham conhecimento em relação a este importante assunto.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *